Destaques

Hungria goleia Inglaterra, assume liderança e amplia crise do rival na Liga das Nações


A Hungria teve uma noite histórica nesta terça-feira. A equipe visitou a Inglaterra no Molineaux, em Wolverhampton, e goleou a seleção campeã do mundo por 4 a 0, em jogo válido pela quarta rodada do Grupo A3 da Liga das Nações. Os húngaros lideram a chave, que ainda tem Alemanha e Itália, e os ingleses estão na lanterna, ameaçados de rebaixamento para a Liga B.

Em seu segundo jogo seguido como mandante, a Inglaterra escalou um time misto, mas jogadores como Harry Kane, Saka, Bellingham, Stones e Walker foram titulares. Jarrod Bowen até tentou abrir o placar, aos seis minutos, com um cabeceio na direção do gol. Mas a defesa húngara estava atenta e afastou o perigo.

Jogadores da Hungria festejam a vitória histórica no Molineaux diante da Inglaterra — Foto: Toby Melville/Reuters


O primeiro gol da Hungria veio após uma cobrança de falta. Em uma confusão dentro da área, a bola sobrou no rebote para Roland Sallai, que chutou forte da esquerda. Após o gol, a Hungria ficou mais à vontade na partida e o que já não estava bom para a Inglaterra, tendia a piorar.

Os donos da casa mostraram nervosismo, com muitas faltas, e foram poucas as chances claras de gol para os dois lados até o final da primeira etapa. Mas a festa húngara ficou reservada apenas para o final do segundo tempo. Roland Sallai ampliou o marcador depois de receber um belo passe de Martin Adam e mandar no meio do gol.

Harry Kane lamenta em dura derrota da Inglaterra para a Hungria — Foto: Toby Melville/Reuters


Sterling e Harry Kane até tentaram diminuir para a Inglaterra, porém quem mandou nas redes foi Zsolt Nagy com um chutaço. Os ingleses ainda perderam o zagueiro Stones, expulso depois de receber o segundo cartão amarelo, aos 36 da segunda etapa. A goleada foi fechada quase nos acréscimos, com uma cavadinha de Dániel Gazdag.

A vitória da Hungria nesta terça-feira foi a pior goleada sofrida pela Inglaterra em casa desde 1953. Curiosamente, a última seleção a ganhar dos ingleses como visitante foi justamente a Hungria, com um 6 a 3, há quase 70 anos.

Os ingleses não têm mais chances de avançar na Liga das Nações e agora lutam para evitar o rebaixamento nas duas rodadas finais. No outro jogo, a Alemanha venceu por 5 a 2 a Itália e está na segunda posição. A Hungria lidera a chave, com sete pontos. Os alemães têm seis, contra cinco dos italianos. A Inglaterra é a lanterna, com apenas dois.

Gazdag comemora seu gol contra a Inglaterra: há 70 anos, a Inglaterra não perdia por três ou mais de diferença em casa — Foto: Toby Melville/Reuters


Postar um comentário

Please Select Embedded Mode To Show The Comment System.*

Postagem Anterior Próxima Postagem
header ads
header ads
header ads